305564754138587
Escolha uma Página

Publicado em 18/02/2021

As bochechas são uma das regiões do rosto que mais incomodam os pacientes que recorrem à harmonização facial. Arrisco dizer que isso não acontece por acaso: estamos falando de uma região central da face, que naturalmente evidencia nossas imperfeições.

Um detalhe indesejado nas bochechas serve de gatilho para muita gente: é hora de ir pra uma clínica de estética.

A pele localizada na maçã do rosto perde sua sustentação à medida que o indivíduo vai envelhecendo. A perda de colágeno e elastina tem como consequência a redução das fibras que dão a força e elasticidade necessárias à pele para manter-se firme. O resultado é aquilo que todo mundo percebe: o risco de a pele caída dar um aspecto de “bochecha de buldogue”.

Leia mais:

Mas, afinal, tem solução?

Os avanços tecnológicos têm sido grandes no campo da saúde estética. E, graças a isso, a harmonização facial tem se revelado um campo vasto para o surgimento de novas soluções aos efeitos diretamente sentidos na pele.

E isso serve para o caso das bochechas caídas. Informação importante: existe mais de uma solução. Vou apresentar cada uma:

Fios PDO

Os fios PDO costumam ser a alternativa número 1 para combater a flacidez na maçã do rosto. A técnica funciona com a aplicação de microfios de polidioxanona, que têm propriedade biodegradável, e que não apenas dão sustentação à pele caída como também estimulam a produção de colágeno pelo organismo. Você pode ler mais sobre os fios PDO clicando aqui.

Os fios funcionam como um “suporte” da pele, segurando-a no ponto certo. Com o tempo, o material é absorvido pelo organismo. Mas atenção: há casos em que a flacidez da pele alcança um estágio avançado, e os fios não conseguem manter a pele suspensa.

Por isso, é muito importante conversar com o profissional que vai fazer a aplicação e informar-se sobre o procedimento.

Botox ou preenchimento?

O fato de a bochecha ser a região dos músculos que ajudam a manifestar o sorriso impede que o Botox seja uma opção, pois pode paralisá-los. A melhor indicação é mesmo o preenchimento facial.

Entenda preenchimento como ácido hialurônico.

Além de dar um aspecto de fortalecimento dos músculos faciais, ele ativa a produção de colágeno pelo organismo. Ou seja, é uma união do útil ao agradável.

Bioestimuladores de colágeno

Além do ácido hialurônico, outra opção para combater a bochecha caída é o uso de bioestimuladores de colágeno. Neste caso, o papel não é de preencher a área afetada, mas de estimular a produção de colágeno na região. Como isso é sinônimo de pele mais firme, com menos flacidez e mais elasticidade, o efeito também é positivo. Para ler mais sobre os bioestimuladores, clique aqui.

É muito importante que o paciente converse com o profissional, e não tome decisões por conta própria. Há indicações para cada tipo de pele, e só o responsável pela aplicação é capaz de observá-las.

Gostou? Então comente e compartilhe. Se tiver uma opinião de tema para eu falar, me mande um direct no Instagram. Meu perfil é o @dra.yanabarroso.

……………………………………………..contato@drayanabarroso.com.br | 33 3272-8022 | 33 3014-8022 | 33 99825-2894 | Rua Peçanha, 773 – Centro – Governador Valadares – MG

error: Protegido
Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.
//

Olá,
É um enorme prazer falar com você. Em que posso te ajudar?