Escolha uma Página

Texto publicado em 24/08/2020

Os períodos de gestação e de amamentação são duas etapas naturais na vida de todas as mães. Mas elas também representam um momento de conflitos com a vaidade, com aquele desejo que toda mulher tem de se manter linda.

Até por uma razão inevitável. O cuidado com o bebê é tão intenso que acaba tomando o tempo de cuidar da beleza. Mais até do que isso, não basta tempo: a mamãe também precisa avaliar antes quais os produtos estéticos que podem ser usados, pois alguns apresentam riscos à sua saúde e principalmente à da criança.

Vale observar que não são apenas os procedimentos estéticos. Diversos medicamentos, inclusive de uso cotidiano, devem ser evitados simplesmente porque podem ser transmitidos ao bebê, e algumas substâncias provocam reações mais graves.

Essa incerteza também deve ser considerada quando se pensa nos procedimentos de Harmonização Facial.

Afinal, o Ácido Hialurônico e a Toxina Botulínica, os dois produtos usados para os tratamentos, podem ser consumidos por uma gestante ou por quem está no período de amamentação?

A indagação é importante, uma vez que o Ácido e a Toxina são introduzidos sob a pele. Não são produtos usados superficialmente, rapidamente absorvidos e com duração por algumas horas.

Confira o que as entidades ligadas à saúde recomendam:

Na gestação

A gestação é um momento de cuidado extremo, que exige a observação constante do desenvolvimento fetal. Por isso, tudo o que representa o mínimo de dúvida sobre a saúde da mamãe e do bebê tem a recomendação para que aguarde o fim da gestação. É o caso da Harmonização Facial.

Não existe comprovação suficiente que diga que os procedimentos de Harmonização fazem mal à mãe e/ou ao bebê, e exatamente por essa incerteza é que também não há liberação médica para os tratamentos.

Em testes em laboratório feitos com animais, já houve casos de má formação ou perda do feto devido ao uso de botox.

Por outro lado, há muitos relatos de mulheres que fizeram Harmonização Facial na gravidez (muitas vezes sem saber que estavam grávidas) e que tiveram uma gestação bastante tranqüila.

Como sou adepta do máximo de segurança para as minhas pacientes, minha recomendação é: não façam!

Amamentação

A mesma regra serve para o período da amamentação – ao menos para os meses iniciais, quando o bebê só se alimenta de leite materno. Isso porque o leite é transmissor de nutrientes consumidos pela mãe. E outras substâncias também são conduzidas neste processo.

No caso do Ácido Hialurônico, há indícios de que ele não é transmitido pelo leite materno. De toda forma, recomenda-se que a mãe já se encontre com o peso estabilizado após o parto para poder se considerar os resultados dos procedimentos que lhe interessem.

Já a Toxina Botulínica ainda é uma incógnita do que pode representar no vínculo existente entre a mamãe e o bebê através da amamentação. Reforço a orientação para que se aguardem os meses iniciais em que a criança se alimenta exclusivamente do leite materno.

Independentemente do tempo pré e pós-parto, é fundamental que você converse com seu médico e revele com clareza ao profissional responsável pela Harmonização Facial sobre suas condições. Acima da estética e do tratamento contra determinadas doenças, a integridade da sua saúde deve prevalecer.

Ficou alguma dúvida sobre este tema? Mande um e-mail ou fale comigo nas minhas redes sociais! Sua dúvida pode ser a de muitas outras pessoas.

……………………………………………..contato@drayanabarroso.com.br | 33 3272-8022 | 33 3014-8022 | 33 99825-2894 | Rua Peçanha, 773 – Centro – Governador Valadares – MG

error: Protegido
//

Olá,
É um enorme prazer falar com você. Em que posso te ajudar?