Escolha uma Página

O peso do corpo sobre um dos lados é o que provoca as sleep lines, mas você não é obrigada a conviver com as rugas

Publicado em 25/07/2020

No decorrer da vida, o surgimento das rugas é um processo inevitável. Em determinado momento, não dá pra contê-las. Mas há aquelas que são capazes de tirar o nosso sono. Quase que literalmente! Por terem a mesma origem, ganharam até um nome bem específico: são as sleep lines – ou rugas do sono.

O nome não é por acaso. Sabe quando a gente acorda, se olha no espelho e diz que está com a “cara amassada”? Isso decorre do tempo excessivo em que a nossa pele fica dobrada numa determinada posição enquanto dormimos. Quando estamos deitadas de lado, por exemplo, imprimimos o peso do nosso corpo sobre uma determinada parte, provocando esse efeito.

Isso explica o porquê de as rugas serem mais comuns na região do colo, no pescoço e na parte lateral do rosto (influenciadas, é claro, pela pressão no travesseiro).

No caso das pessoas mais jovens, a pele volta ao lugar com facilidade. Mas, à medida que vamos amadurecendo, essa capacidade de reconstituição não é tão simples, e a aparência amassada acaba ficando registrada por mais tempo. Essas dobras vão se intensificando, e podem até ficar marcadas permanentemente.

Uma forma arcaica de tentar conter essas rugas é evitando permanecer por um longo tempo na mesma posição. Existe ainda a recomendação de que se durma de barriga para cima, mas nem todo mundo sente conforto desse jeito. Além disso, convenhamos que tentar regular nossa posição enquanto estamos dormindo é uma tarefa bem complicada, e que pode até prejudicar o sono.

Há formas preventivas mais eficazes de controlar as sleep lines, que passam necessariamente pelo cuidado com a pele. Como a ideia é mantê-la firme e com boa elasticidade, podemos pensar nessa prevenção a partir da alimentação, do consumo constante de água, da prática regular de atividades físicas e do uso de cremes hidratantes nas partes que costumam ser mais afetadas pelas rugas do sono.

Procedimentos

Mas e nos casos em que a pele já está afetada pelas sleep lines? Alguns desses cuidados listados acima podem até ajudar a evitar a progressão, mas isso pode acontecer num ritmo extremamente lento.

A excelente notícia é que existem tratamentos para as sleep lines, e nem precisa dizer que os resultados são super visíveis, mas vale acrescentar: a percepção é quase que IMEDIATA!

O primeiro deles é a toxina botulínica (botox), que tem o poder de conter não apenas as rugas como também as linhas de expressão (aquelas localizadas na testa). Seu trabalho consiste na contenção dos movimentos musculares dessas regiões, evitando a maleabilidade excessiva das regiões afetadas durante o sono. Além de deixar a pele mais firme, também evita o surgimento de mais “dobraduras” com o tempo. É tiro e queda!

Já o ácido hialurônico tem o poder de preencher os tecidos da pele, recuperando a camada perdida com o tempo. É ele que proporciona a sensação de hidratação da pele, e no caso do tratamento contra as sleep lines, cumpre exatamente o papel de dar o enchimento adequado para o desaparecimento das rugas.

O uso do ácido hialurônico remete ao procedimento que a gente chama de Skinbooster, que é, basicamente, a aplicação do ácido para dar à pele uma hidratação profunda. O Skinbooster serve exatamente para combater as rugas, olheiras e acnes. É através dele que também damos fim às sleep lines.

Conclusão

As sleep lines estão longe de ser um problema com o qual você é obrigada a conviver. Associando procedimentos revolucionários, como o botox e o ácido hialurônico, a práticas simples do dia-a-dia, dá pra dormir em paz, sem perder o sono com as rugas.

Ficou alguma dúvida? Mande uma mensagem pelos nossos canais de atendimento. Vou ter o maior prazer de te dar todos os esclarecimentos!

……………………………………………..contato@drayanabarroso.com.br | 33 3272-8022 | 33 3014-8022 | 33 99825-2894 | Rua Peçanha, 773 – Centro – Governador Valadares – MG

error: Protegido
//

Olá,
É um enorme prazer falar com você. Em que posso te ajudar?