Escolha uma Página

Só quem sofre na pele sabe o quanto a acne interfere na vida social das pessoas, principalmente dos adolescentes e jovens. Mas, no imaginário de quem nunca teve grandes problemas com isso, a acne seria uma espécie de “irmã” do cravo e da espinha – parecidas, mas não iguais.

Engano!

A acne é a própria espinha e o próprio cravo, cujas conseqüências, em graus mais avançados, chegam a grandes lesões que se formam no rosto e que viram até cicatrizes na região das bochechas, do queixo e do pescoço. Já já eu falo dessas cicatrizes, porque minha atuação é sobre elas!

Embora cravo e espinha sejam a acne, há diferenças entre uma coisa e outra. A primeira é a visual, e certamente a maioria consegue distingui-las: o cravo é aquele pontinho preto que se forma no rosto, enquanto a espinha tem um aspecto mais amarelado, com aparência de inflamação.

Mas não é só isso.

Da esquerda para a direita: folículo normal, cravo e espinha

O cravo é simplesmente um entupimento dos poros provocado pelo excesso de secreção (o que é bastante comum a partir da puberdade) produzida pelas glândulas sebáceas. Com a obstrução dos poros, o local fica bastante propício ao surgimento de bactérias. E é a presença das bactérias que produz a inflamação característica da espinha. Por isso, podemos dizer que a espinha é o cravo (ou seja, o entupimento) em estado já inflamado por causa da ação de bactérias.

Tratamento

Por que a acne é mais comum na puberdade? Porque é o período em que há uma grande transformação hormonal, que leva a produções elevadas de secreções nunca antes ocorridas no corpo. Por isso, não é aconselhável propor algum tipo de Harmonização Facial para adolescentes que estejam enfrentando o problema, uma vez que o tratamento poderá colidir com um período de plenas transformações.

Já para os casos em que a acne é uma realidade, há meios de atenuar as cicatrizes e elevar a autoestima do paciente. Nestes quesitos, a Harmonização Facial é infalível e traz ganhos impressionantes.

Aqui eu vou apresentar dois métodos conhecidos que são eficazes no combate aos efeitos causados pela acne: o primeiro deles é o microagulhamento, através do qual são feitas microperfurações na região afetada e implantados agentes que atuam diretamente na renovação do colágeno sob a pele.

Outro meio eficaz de combater as cicatrizes provocadas pela acne é através de preenchimento com ácido hialurônico, que tem o poder de rejuvenescer a pele ferida, renovando o rosto da paciente. Em suma, há uma renovação tão significativa da pele na região da cicatriz que pode chegar ao ponto de desaparecê-la por completo.

Se isso já representa um motivo e tanto para recorrer à Harmonização Facial, independente de qual desses métodos você escolha, meus anos de atuação na área me permitiram potencializar os resultados, a partir de um protocolo de procedimentos específico e exclusivo para pacientes que recorrem à Harmonização Facial com o objetivo de combater a acne. Esse protocolo, que eu guardo a sete chaves, é fruto exclusivo da minha experiência profissional, e que, posto em prática, eleva ainda mais o grau de eficiência dos resultados.

Fazendo uma comparação, imagine que, para exterminar os efeitos da acne, seja necessário vencer um jogo de xadrez bastante difícil e numa situação desfavorável. Pois não só consegui estabelecer os caminhos pra dar fim ao sofrimento como criei uma trilha, um manual de procedimentos que, eu garanto, acabam de vez com o problema.

Prevenir-se ainda é melhor que remediar

 Por outro lado, há meios de prevenção para os jovens que estão em pleno conflito contra as acnes. Vou dar algumas dicas.

A primeira orientação pode até parecer controversa, mas é real: evite o uso de cosméticos que controlam a oleosidade da pele, como os sabonetes e cremes esfoliantes. Quanto menor a oleosidade, maior será a produção de sebo pelas glândulas sebáceas, e quanto mais sebo, maior a chance de incidência de cravos e, em seguida, de espinhas. Para que você entenda isso de uma maneira mais clara, tente não provocar a ira das glândulas sebáceas. Se interferir no trabalho delas, as conseqüências podem ser bem ruins.

Ainda tratando de cosméticos, evite sempre dormir de maquiagem, pois seus resíduos podem entrar nos poros, provocar o entupimento e… o resto você já sabe.

A alimentação e o uso de medicamentos à base de corticóide também precisam ser controlados. O excesso de doces, gordura e de alimentos derivados de farinha de trigo, como pães e massas, podem interferir na produção das glândulas sebáceas. Então, se perceber que há proliferação de acne, aposte também na mudança de alimentação ou na suspensão do medicamento (mas converse antes com o médico, hein).

Por fim, fique de olho na relação das incidências de cravos e espinhas com as alterações de humor. A instabilidade emocional (também comum na adolescência) tem grande influência no surgimento das acnes. Os picos de estresse podem interferir na produção hormonal, a ponto de mexer com elas mesmas – as glândulas sebáceas.

Termino este artigo dizendo o seguinte: a acne é um mal que afeta não só a pele, mas também a mente das pessoas que sofrem com o problema. Ela provoca inclusive dores psicológicas, diminuindo a autoestima e prejudicando as relações interpessoais. Vale pra você, que sofre de acne, a mesma orientação que eu deixo pra quem me procura querendo resolver outras angústias: para a maior parte dos casos, há alternativas. No caso das acnes, há soluções!

……………………………………………..contato@drayanabarroso.com.br | 33 3272-8022 | 33 3014-8022 | 33 99825-2894 | Rua Peçanha, 773 – Centro – Governador Valadares – MG

error: Protegido
//

Olá,
É um enorme prazer falar com você. Em que posso te ajudar?